18.3 C
São Paulo
quinta-feira, setembro 16, 2021
Festival MixBrasil

Bate-papo sobre o filme Pornô Anos 80, com o diretor Mateus Capelo |MIX BRASIL 2020|

Bate-papo sobre o filme Pornô Anos 80, da Competitiva Brasil

Bate-papo sobre o filme Suk Suk, com o diretor Ray Yeung |MIX BRASIL 2020|

Bate-papo sobre o filme Suk Suk, do Panorama Internacional do 28º Festival Mix Brasil de Cultura da Diversidade

MIX TALKS
MIX TALKS

MAIS

MIX TALKS: Corpos 3.0 – Novas subjetividades para pessoas dissidentes 🤟 | MIX BR 2020 |

O corpo é um campo de batalha, um enclave valioso onde discursos de poder perpassam o tempo inteiro, onde se intenciona delimitar o que é normal, desejável e saudável.

MIX TALKS: Pornografia é arte? 🤟 | MIX BR 2020 |

Durante a história da humanidade, as representações artísticas do sexo sempre estiveram presentes, seja nas esculturas, pinturas e, posteriormente, no cinema

MIX TALKS: Arte e decolonialidade – novas perspectivas para o Brasil 🤟| MIX BR 2020 |

Manifestações ao redor do mundo lançaram novos olhares sobre as questões raciais.

LITERATURA
LITERÁRIO

MAIS

Narrativas Abismais, Subjetividades LGBTQIA+ em Prosa e Poesia

Para esta conversa, convidamos Gabriela Soutello, de “Ninguém vai lembrar de mim”, Rafael João, autor de “Pelicano” e Raimundo Neto, de “Todo esse amor que inventamos para nós”.

MIX LITERÁRIO: Dissidências queer na literatura francesa e a liberalização dos costumes 🤟 | MIX BR 2020 |

Mesmo antes de Rimbaud, Verlaine e a poesia moderna, a cultura literária francesa sempre foi exemplo de liberalidade dos costumes, principalmente com relação à sexualidade.

Sarau: Quanto Mais Escuro, Mais os vagalumes Brilham

Sarau com autores da antologia escrita por LGBTQIA+ “A Resistência dos Vaga-lumes” e mais poetas.

FEMINISMOS
FEMINISMOS

MAIS

Mulheres Invisíveis No Cinema

O cinema se constituiu como arte comandada por homens e às mulheres restou o papel de objeto retratado por esse olhar masculino. Revertendo esse cenário vemos crescer aos poucos a profissionalização feminina também atrás das câmeras.

Resistência, Substantivo Feminino

Esta mesa traz um grupo de mulheres que compartilharam suas histórias e lutas e mostrar que, mais que dados, mais que números, essa é a realidade da brasileira

Uma Câmera Na Mão E Muito Ódio Na Cabeça

Roda de conversa para analisar da construção de estereótipos, reprodução e recriação de diversas ideologias de uma sociedade patriarcal, racista e LGBTIfóbica.

IDENTIDADE
IDENTIDADE

MAIS

Queer ou Pajubá: Processos de descolonização LGBTI+ no Brasil

Como traduzir queer pro pajubá? Com Neon Cunha, MC Dellacroix, Isaac Silva e Florência Transformista. Abertura da Conferência MixBrasil feat. Pajubá 20/11/18

Visibilidade Intersexo: Vai ter I na sigla sim!

Duas pessoas intersexo e uma especialista falam de suas experiências, questões médicas e de direitos.

Depois do Corpo

Um exercício sobre o adiante, onde corpos dissidentes pensam narrativas para depois do corpo, dentro de suas atividades na indústria da música. Com Jup do Bairro, Karol de Souza e mediação de Rico Dalasam

Caneca Na Mesa: Movimento Social Hackeando a Empresa

Novas formas de ação de movimentos sociais: hackear o mundo corporativo. Importância dos grupos de trabalho lgbtqia+ para pautar as discussões sobre diversidade e inclusão (D&I) nas empresas.

LGBTIs Em Posição De Liderança

Tem LGBTI+ liderando empresa, sim!

Babado! Drag Virou Mercado: Como fazer acué com montação?

Como se beneficiar disso e alargar as possibilidades artísticas de uma drag queen?

POLÍTICA
POLÍTICA

MAIS

Não Entre Em Pânico! LGBTI+ pós-eleições

O momento político é complexo: assustadoramente autoritário, mas ao mesmo tempo com recorde de pessoas LGBTI+, mulheres e negres ocupando cargos no Legislativo. É hora de discutirmos o que tudo isso representa.

Reunião de Familia: Várias gerações e olhares do movimento LGBTI+

Quais aprendizados as gerações mais experientes podem transmitir sem que caiam na armadilha do carteiraço e do autoritarismo?

Despatologizou, e agora?

Em 2020 se oficializará a despatologização das identidades trans pela Organização Mundial de Saúde.

Mídias Sociais e o HIV: Prevenção On Line

Qual o papel hoje das mídias sociais no enfrentamento do HIV?

Acende a Luz do Quarto Escuro: por que a gente (só faz e) não fala de nossas práticas sexuais?

Pessoas LGBTI+ que fazem e pensam sexo de formas consideradas não convencionais, bora começar a conversar sobre as nossas práticas sexuais dissidentes?

Saúde da Pessoa Negra LGBTQIA+

Para as pessoas LGBTQIA+ negras, a superposição de opressões significa uma carga desproporcional sobre a saúde mental e física.