20 C
São Paulo
segunda-feira, agosto 3, 2020
Festival Mix Brasil
PLAY Preciso Dizer Que Te Amo (2017)

Preciso Dizer Que Te Amo (2017)

Documentário sobre a resiliência e a luta contra o suicídio entre as pessoas Trans. Preciso Dizer que Te Amo retrata a relação de jovens trans com o corpo, com a vida e com o sagrado.

Ariel Nobre em parceria com a produtora Bruta Flor Filmes lança o curta-metragem Preciso Dizer que Te Amo. O filme foi contemplado pelo Edital de Curta da SPcine em 2017 e foi produzido no primeiro semestre de 2018.

O documentário exalta os esforços da comunidade Trans em se manter viva e construir um país possível para todes. Afinal, o Brasil é o país que mais tem registro de mortes violentas por transfobia no mundo, segundo a ONG Transgender Europe desde 2015, sendo o suicídio a segunda causa de morte depois do assassinato.

O filme se propõe a olhar as pessoas trans com carinho. Inclusive, o diretor é homem trans e idealizador do Projeto Preciso Dizer que Te Amo – campanha de prevenção ao suicídio de homens trans. Desde setembro de 2015 quando se preparava para pular de um prédio de 11 andares retrocedeu para escrever suas últimas palavras e assim segue escrevendo a sentença título do curta-metragem por onde passa.

O ato de escrever Preciso Dizer que Te Amo se transformou em um ato político, uma forma de se sentir e permanecer Transvivo. Hoje, Ariel se considera “operário do escrever”, já que talha a frase no mundo de forma cotidiana e repetitiva.

Além disso, o filme surpreende ao agregar signos religiosos reivindicando a representação Trans no sagrado. Por fim, o documentário retrata com sinceridade uma trajetória bem mais profunda que a transição de gênero: a passagem da morte para vida, o autoconhecimento e as tecnologias de cuidado de um grupo sistematicamente perseguido no Brasil e no mundo.

Preciso Dizer que Te Amo apresenta:
Aretha Sadick, Ariel Nobre, Deniell Bircol e Yago Neres.
Narração – Renata Carvalho

Direção e Roteiro: Ariel Nobre
Produtora Executiva – Bruna Lessa – Bruta Flor Filmes
Montagem- Eduardo Aquino
Trilha sonora, mixagem e masterização – Joana Flor
Fotografia – Cacá Bernardes
Drone – Solon Rodrigues
Direção de arte – Rodrigo Abreu
Preparação Corporal – Ticiano Lima de Souza
Beleza – Carlos Rosa
Making Off – João Bertholini
Design – Victor di Lorenzo
Figurino – Fernanda Silva (Coletivo Trans Sol ), Original Favela.
Finalização de cor – Pablo Ferreira.
Elenco veste: Alexandre Heberte, Estúdio Artii, Original Favela e Luz del Fuego.

Festivais de Cinema Nacional
29 Festival Internacional de Curta Metragens de São Paulo
20 Festival Internacional do Rio
26 Festival Internacional Mix Brasil
7 Festival Curta Brasília
22 Mostra de Tiradentes
3 Festival Lugar de Mulher é no Cinema – Salvador.
21 Festival Internacional de Curta de BH
19 Goiânia Mostra Curtas
8 Festival Intrnacional Audiovisual Curta o Gênero – Fortaleza CE
7 Recifest | Festival de Cinema da Diversidade Sexual e de Gênero | Recife PE
Festival de Primavera PUC RIO
4 Cabíria Festival | Rio de Janeiro – RJ

Festivais Internacionais
11 Massimadi Montréal · Festival des films et des arts LGBTQ afro
5 Transcreen – Amsterdã
30 Hamburg Int Film Festival
Tag! Queer Shorts Festival 2020
20 CinHomo – MUESTRA DE CINE Y DIVERSIDAD SEXUAL DE CASTILLA Y LEON.

Prêmios
29 Festival Internacional de Curta Metragens de São Paulo
Favoritos do Público
Menção Honrosa Borboleta de Ouro – Novos Olhares
3 Festival Lugar de Mulher é no Cinema – Salvador.
Prêmio Especial Marielle Franco em Direitos Humanos
Indicado ao Grande Prêmio de Cinema Brasileiro 2019
Melhor Filme – 19 Goiânia Mostra Curtas

Receba as novidades por email

* indicates required



13,5k Seguidores
Seguir