14.6 C
São Paulo
quarta-feira, agosto 4, 2021
Festival MixBrasil
PLAYLongasVozeria (2015)

Vozeria (2015)

O documentário leva esse nome porque articula depoimentos de oito pessoas importantes do movimento social, que trazem à tona reflexões sobre gênero, sexualidade, educação e direitos humanos, tendo em vista os papéis que a linguagem assume na produção e manutenção de violências

SINOPSE:
Vozeria é uma “ressonância de múltiplas vozes”. O filme leva esse nome porque articula depoimentos de oito pessoas importantes do movimento social, que trazem à tona reflexões sobre gênero, sexualidade, educação e direitos humanos, tendo em vista os papéis que a linguagem assume na produção e manutenção de violências. O documentário tem caráter bastante didático e tem sido usado com frequência por educadores/as em escolas, pois facilita o início de debates com públicos de diferentes faixas etárias. O objetivo central da diretora com o filme foi convidar todas as pessoas ao diálogo desses assuntos sobre os quais, muitas vezes, silenciamos.

– ENTREVISTADOS/AS
Amara Moira, Amelinha Teles, Dário Neto, João W. Nery, Laerte Coutinho, Luana Hansen, Luís Arruda, Majú Giorgi

– UM POUCO SOBRE O PROJETO:
O projeto foi lançado em março de 2015 no Catarse (https://www.catarse.me/pt/vozeria​), apoiado por 78 pessoas e arrecadou R$6.230,00 reais para a realização total, do início ao fim. Foram seis meses de trabalho e a estreia aconteceu no dia 8 de setembro daquele mesmo ano, no Centro Cultural São Paulo, com entrada gratuita, e teve a presença de entrevistados/as para um debate. A partir desse dia, o filme circulou por inúmeros festivais, mostras, cineclubes, e eventos escolares e acadêmicos pelo Brasil inteiro, em diferentes cidades e estados.

Em novembro de 2015, Vozeria ganhou o prêmio Coelho de Prata do Festival Mix Brasil, como “Melhor Longa Nacional 2015” pelo júri popular. O documentário circulou também por algumas unidades do SESC em cidades do estado de São Paulo e concorreu em alguns festivais de cinema. De agosto a outubro de 2016, 100 DVDs do filme foram disponibilizados para retirada gratuita no Centro de Referência e Defesa da Diversidade de São Paulo. A ideia agora é que Vozeria esteja acessível para um número ainda maior de pessoas, através de sua divulgação online e gratuita pelo Youtube.

A equipe do Vozeria espera que o filme ganhe vida própria, que incentive novas produções independentes, que seja exibido cada vez mais em escolas e universidades e que nos ajude a respeitar as tantas realidades, vivências e subjetividades existentes nesse mundo.

– EQUIPE:
Produção, Roteiro e Direção: Raphaela Comisso
Produção de exibição: Teresa Sanches
Edição e Pesquisa: Eduardo Aquino
Cinegrafia: Artur Palma
Ilustrações: Juliana Basile
Design: Natan Aquino
Edição de som: Guilherme Pedrosa
Cor: Francisco Orlandi Neto

Fica autorizado o uso do filme na íntegra ou em partes desde que os créditos sejam devidamente citados. Pede-se que o filme não seja comercializado, ou seja, usado para fins lucrativos.

– CONTATO INBOX:
www.facebook.com/vozeria

– MAIS INFORMAÇÕES:
vozeria.tumblr.com

Receba as novidades por email

* indicates required