11.3 C
São Paulo
sexta-feira, julho 3, 2020
Festival Mix Brasil

IDENTIDADE

Ano Passado Eu Morri Mas Este Ano Eu Não Morro

Discussão sobre temas relacionados à velhice, finitude morte na população lgbtqia+ . Com Tom Almeida, Diego Miguel e Milton Roberto Furst Crenitte. Mediação de Rogério Pedro do Eternamente Sou

Colocação: Afetos, Potências e Vulnerabilidades

Debate sobre os impactos da atual política de drogas na vida das mulheres e da população LGBTQIA+.

Depois do Corpo

Um exercício sobre o adiante, onde corpos dissidentes pensam narrativas para depois do corpo, dentro de suas atividades na indústria da música. Com Jup do Bairro, Karol de Souza e mediação de Rico Dalasam

Espiritualidade T: O céu não é para trans?

Os corpos das pessoas trans são sempre colocados como ameaças aos valores ditos cristãos.

Envelhecendo como LGBTI+: Narrativas, Resistências e Transformações Sociais

Ativistas LGBTI+ contam suas trajetórias e falam sobre os anos iniciais da velhice e os desafios de envelhecer.

Visibilidade Intersexo: Vai ter I na sigla sim!

Duas pessoas intersexo e uma especialista falam de suas experiências, questões médicas e de direitos.

Queer ou Pajubá: Processos de descolonização LGBTI+ no Brasil

Como traduzir queer pro pajubá? Com Neon Cunha, MC Dellacroix, Isaac Silva e Florência Transformista. Abertura da Conferência MixBrasil feat. Pajubá 20/11/18